As armas do meu adufe

As Darmas do meu adAufe, as armas do meu adDufe,
são de pau de laranjeira, são de pau de laranjeira.

Quem houver de tocar nele, há-de ter a mão ligeira.

O luar da meia noite, guarda-te lá pró verão

Quem anda cego de amores, quer escuro, luar não.

Viva quem toca o adufe, viva quem o tem na mão.

Viva quem há-de lugar, menina o seu coração.

Info

Música: Popular
Letra: 

Tags

Este título tem elementos em falta: 
pauta 
áudio 
Se quiseres colaborar com o Vitamina C, envia email para [email protected]
Este título não tem áudio disponível.
O primeiro e mais completo cancioneiro de inspiração cristã.
A animar os jovens na Igreja
desde o início do milénio
Adquirir Cancioneiro
Entidade: 21800
Referência: 416 367 276
Esta transação aparecerá no seu extrato como "Online Payment Platform B.V.". Nesta modalidade, o valor mínimo de carregamento é 10€.
Vê mais formas de nos ajudar, aqui.
chevron-downmenu-circlecross-circle linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram