Amanhã é sempre longe demais

CP’la janela Gmal fechada Fentra já a luz do dDia;
morre a sombra desejada numa esperança fugidia.

Foi uma noite sem sono entre saliva e suor,
com um travo de abandono e gosto a outro sabor.

Dizes-me até amanhã, que tem de ser, que te vais,
porque amanhã, sabes bem, é sempre longe demais.
Acendo mais um cigarro, invento mil ideais.
Só que amanhã, sei-o bem, é sempre longe demais.

P’la janela mal fechada chega hora do cansaço,
vai-se o tempo desfiando em anéis de fumo baço.

Info

Música: Rádio Macau
Letra: 

Tags

Este título tem elementos em falta: 
pauta 
áudio 
Se quiseres colaborar com o Vitamina C, envia email para [email protected]
Este título não tem áudio disponível.
O primeiro e mais completo cancioneiro de inspiração cristã.
A animar os jovens na Igreja
desde o início do milénio
Adquirir Cancioneiro
Entidade: 21800
Referência: 416 367 276
Esta transação aparecerá no seu extrato como "Online Payment Platform B.V.". Nesta modalidade, o valor mínimo de carregamento é 10€.
Vê mais formas de nos ajudar, aqui.
chevron-downmenu-circlecross-circle linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram